Piúma

Linda nua cidade das conchas
Faz a festa do sol na areia
Artesã que lapida os homens
E transforma a mulher em sereia

Vem menina, me abraça, me beija
Me afaga, me assuma
Vem me fazer viver
Vem, vem viver Piúma

No monte Aghá
Eu te quero, eu te vejo, eu te encontro lá
Oh! que lindo lugar de ver Deus
Oh! que doce lugar pra se amar

Ora ê e á ê
Ê acaiaca
Ora ê e á ê
Ê corujão

São praias lindas, onde desfilam peles nuas
Eu fico louco, eu entro numa
Eu sou pirado por Piúma
(Autor Beto Kauê)